domingo, 13 de janeiro de 2013

2019 – O ano da extinção

Vampiros fazem parte de um dos temas mais batidos do gênero suspense. Apesar da convencionalidade, filmes sobre esses seres ainda não estão saturados por completo e “2019 – O ano da extinção” é uma prova de que eles não são apenas monstros sedentos por sangue que querem dominar o planeta. 

Em um futuro não muito distante, uma epidemia viral transforma toda a população da Terra em vampiros. Com a escassez de humanos e para evitar a proliferação do canibalismo da subespécie, os sanguessugas estudam métodos para criar um sangue sintético que impeçam a extinção da raça. Sem sucesso com 'genéricos sanguíneos', um vampiro hematologista decide se unir com um grupo de humanos para tentar descobrir a cura para a tal ‘doença’. 

A trama recicla de maneira atrativa os clichês do gênero e adapta com criatividade detalhes da fórmula do terror ‘zumbi’ com a ficção científica. A interessante metáfora social do roteiro, que nos remete a um problema global no futuro como a escassez de água, insere o vampirismo clássico em um universo que os ‘humaniza’ e os civiliza de forma curiosa (tudo é adaptado para que eles sobrevivam durante o dia e a noite)

Outra boa sacada é o visual caprichado. Enquanto a bela fotografia em tons de azul e verde retrata a frieza plástica dos vampiros, o amarelo contrapõe a realidade dos ‘seres noturnos’ e representa a esperança dos humanos. Os bons efeitos visuais e a violência gráfica são equilibrados e proporcionam realismo, tanto nas cenas de ação como no ambiente social do filme. 

Apesar da descoberta da ‘cura’ não convencer tanto e do clímax exageradamente sanguinolento, “2019 – O ano da extinção” surpreende ao ser uma experiência diferente e mais coerente sobre vampiros sem estereotipá-los como meros vilões. É um trabalho autêntico dos diretores Michael e Peter Spiereg que merece ser apreciado pelos fãs do gênero. 

2019 – O ano da extinção (Daybreaker) 
Aut/EUA, 2009 - 95 minutos 
Ficção Científica / Suspense
Direção: Michael Spiereg e Peter Spiereg 
Roteiro: Michael Spiereg e Peter Spiereg 
Elenco: Willen Dafoe, Ethan Hawke, Sam Neil e Claudia Karven 
Trailer: clique aqui 
Cotação: * * * *