segunda-feira, 22 de julho de 2013

Meu malvado favorito 2

Uma das primeiras perguntas que surgem depois de uma continuação é se a sequência supera o antecessor. "Meu malvado favorito 2" é levemente melhor que o original, mas, surpreendentemente, o que foi uma incoerência na estrutura do primeiro é o que faz valer o ingresso nesta segunda parte: os Minions.
 
Se em "Meu malvado favorito" os holofotes estavam apontados para a personalidade ácida de Gru, as luzes aqui estão nos irresistíveis Minions, criaturas fofinhas que entraram na trama inicial e distorceram parte da 'coerência narrativa' (o argumento da existência desses seres não foi convincente). Nesta continuação, eles roubam a cena e são responsáveis pelos melhores e mais engraçados momentos do filme.
 
Desta vez, Gru volta a ação, não como vilão, mas como um contratado do governo incumbido de desvendar o sumiço de uma estação de pesquisa inteira. Em meio ao mistério, Gru terá de lidar com o amadurecimento de suas filhas adotivas e, ainda, ser parceiro de uma agente com quem se apaixona. Se a humanização do 'malvado favorito' no primeiro emocionou, aqui o objetivo é mostrar, de maneira divertida, que o personagem também tem coração mole para encarar um relacionamento.
 
O roteiro foge completamente da composição original e se rende a trivialidade temática, como o pai solteiro, a constante atmosfera politicamente correta, cupidos e investigação. Não que isso seja desinteressante, mas com a evolução da estória o charme do antecessor, de Gru ser um vilão, se perde assim como o tipo de humor que está menos 'negro' e mais pastelão. Além disso, o enredo enfatiza demais na questão afável de Gru e isso afeta no desenvolvimento da trama misteriosa que se mostra rasa e repleta de furos.
 
Tendo em vista os deslizes, fica claro um dos objetivos dos Minions, a de preencher tais lacunas com muita irreverência (tem até sátira de "Guerra Mundial Z"). Sem falar do bom uso do efeito 3D que faz o entretenimento valer a pena!
 
Meu malvado favorito 2 (Despicable Me 2)
EUA, 2013 - 98 minutos
Animação / Comédia
Direção: Pierre Coffin, Chris Renaud
Roteiro: Ken Daurio, Cinco Paul
Cotação: * * *